Nossa experiência em Societário, M&A e Private Equity abrange as atividades de estruturação e negociação de operações, domésticas ou internacionais, nos mais diversos segmentos da economia, direcionadas aos interesses tanto de compradores ou de vendedores, como de investidores ou veículos investidos, e envolve as diversas fases do processo, incluindo a realização de auditoria jurídica, com um time capacitado a analisar aspectos jurídicos relevantes em todas as áreas do direito.
Atuamos em uma variedade de casos auxiliando bancos, gestoras de recursos, fundos de private equity, venture capital e seus investidores, nacionais e estrangeiros, em todos os aspectos de seus negócios, incluindo estruturação da operação, captação de recursos, constituição de fundos, negociação de acordos de acionistas, realização de investimentos, independente do estágio em que se encontrem (incluindo seed capital e greenfields), e desinvestimentos subsequentes.

Prestamos assessoria, ainda, na rotina societária das sociedades, incluindo a constituição e modificação de seus atos constitutivos, a orientação em assembleias de acionistas, reuniões de sócios e reuniões de conselho de administração, representando acionistas controladores, minoritários e administradores. Assessoramos nossos clientes também em reorganizações societárias, desde a concepção da operação, passando pela elaboração e negociação dos documentos necessários.
Assessoramos clientes atuantes nos mais variados setores da economia, incluindo infraestrutura, energia e recursos naturais, bancário, agronegócio, mineração, tecnologia, educação, saúde, farmacêutico, varejo e telecomunicações. Nossa experiência compreende uma gama variada de operações, desde aquisições de sociedades ou companhias fechadas de pequeno ou médio porte a transações sofisticadas, envolvendo companhias abertas e múltiplas jurisdições, bem como ofertas públicas de aquisição, incluindo ofertas não negociadas.
Tendo em vista nossa larga experiência em direito societário e mercado de capitais, desenvolvemos uma prática relevante de contencioso administrativo perante a Comissão de Valores Mobiliários, tanto em processos administrativos quanto em outras demandas, seja representando acionistas controladores, minoritários, administradores e prestadores de serviços de companhias abertas e fundos de investimento.